Actoil

Blog Actoil

Voltar

MS aumenta produção de biodiesel em 20,5% em 2014

14 jul

Estado é o quinto maior produto nacional de biocombustível. Volume processado em 2014 chegou a 89,631 milhões de litros

O Mato Grosso do Sul aumentou sua produção de biodiesel em 20,5% entre janeiro e maio de 2014 frente ao mesmo intervalo de tempo de 2013, passando de 74,322 milhões de litros para 89,631 milhões de litros. Os dados são da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Segundo os dados da ANP, nestes cinco meses deste ano apenas três usinas produziram biodiesel no estado: Cargill, em Três Lagoas, na região leste, com volume de 64,141 milhões de litros; Delta, em Rio Brilhante, no sul, com a fabricação de 22,501 milhões de litros e a Biocar, em Dourados, também no sul, com o processamento de 2,989 milhões de litros.

Com esse volume de produção neste período, Mato Grosso do Sul, de acordo com a agência, permaneceu na quinta posição do ranking nacional de processamento do biocombustível, ficando atrás somente do Rio Grande do Sul, com 331,700 milhões de litros; de Mato Grosso, com 241,214 milhões de litros; de Goiás, com 237,978 milhões de litros e do Paraná, com 127,035 milhões de litros.

A produção brasileira nestes cinco meses de 2014 atingiu os 1,253 bilhão de litros, o que representa um incremento de 7,8% frente aos 1,162 bilhão de litros do mesmo intervalo de tempo de 2013.

Aumento da mistura
No fim de maio o governo federal anunciou que o percentual de mistura do biodiesel no diesel subiria de 5% para 6% a partir do mês de julho e que em novembro atingirá os 7%.

Com a medida o governo federal informou na época que esperava estimular o pleno uso da capacidade instalada das usinas do país, beneficiar a agricultura familiar, que é uma das fornecedoras de matéria-prima para a produção do biocombustível, reduzir as emissões de gás carbônico, já que o biodiesel é menos poluente que o diesel convencional, e ainda reduzir as importações.

 

Fonte: G1/ Globo.com

Comentários 0