Actoil

Blog Actoil

Voltar

Cuidados para armazenar combustível para geradores

25 set

Proteção contra incêndios, acidentes e proteção do meio ambiente são alguns dos objetivos das normas técnicas criadas para o projeto e a instalação dos tanques de armazenamento de combustíveis.

Proteção contra incêndios, acidentes e proteção do meio ambiente são alguns dos objetivos das normas técnicas criadas para o projeto e a instalação dos tanques de armazenamento de combustíveis. As obrigações e inserções das regulamentações variam de acordo com o local, por isso, é necessário compreender os requisitos específicos de onde será feita a instalação. No Brasil, devem-se seguir as normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
 
Os conjuntos de normas técnicas são diferentes para tanques de armazenamento de combustível subterrâneos e superficiais e aplicam-se aos procedimentos de projeto e construção, registro, testes dos tanques e detecção de vazamentos. Além disso, especificam as características de projetos das carenagens, a preparação de planos de prevenção de vazamentos de combustíveis e provisões de fundos para cobertura securitária.
 
O armazenamento do óleo diesel, classificado como líquido inflamável segue as regras básicas de segurança, válidas para as instalações da empresa, os funcionários e o meio ambiente. Confira quais os cuidados necessários para uma estocagem segura do combustível, sem perigo de acidentes ou contaminação:
 
- O local onde estão instalados os tanques, aéreos ou verticais, tenha diques que formem uma bacia de contenção do produto ou de canais de fuga que conduzam para uma bacia de contenção à distância;
 
- Ao instalar tanques enterrados, proceder a testes de estanqueidade e somente concluir a instalação se nenhum vestígio de vazamento for detectado;
 
- Tanques de armazenamento enterrados devem ser dotados de um sistema de proteção adicional contra o ataque corrosivo do solo;
 
- Ao usar tanques enterrados para armazenamento de derivados de petróleo, adote um eficiente controle de estoque;
 
- Deve-se estabelecer uma rotina de execução periódica de testes de estanqueidade nos tanques enterrados. Isso garantirá a detecção de pequenos vazamentos, normalmente não perceptíveis pelo controle de estoque;
 
- Evite a exposição do combustível ao calor ou chamas expostas;
 
- Também se deve ter cuidado especial com o tempo de estocagem do diesel. Ele sofre oxidações e perde qualidade. Portanto, não se deve armazenar o combustível por muito tempo. Outras precauções são: não usar vasilhame, conexões, válvulas, telas, filtros ou tubulação de cobre, bronze ou latão.
 

Comentários 0