Actoil

Blog Actoil

Voltar

França pode estar prestes a adotar o B8

14 jan

Governo francês estuda a possibilidade de ampliar a mistura obrigatória de Biodiesel de 7% para 8%

De acordo com a União Francesa das Indústrias do Petróleo (Ufip, na sigla original) o governo do país estaria contemplando a possibilidade de ampliar a mistura obrigatória de biodiesel de 7% para 8%. Segundo o comunicado divulgado pela entidade no último dia 24 de dezembro, a mudança deveria ter acontecido antes do final de 2014. Uma reportagem da Agência France-Presse (AFP) diz que o Ministério da Ecologia e Energia confirmou que está estudando adotar a medida, embora não tenha se comprometido com uma data.

A possibilidade parece não ter agradado às petrolíferas que afirmam não haver garantias dos fabricantes de veículos automotores para misturas acima do B7. “As distribuidoras de combustível ofereceriam um produto que não está de acordo com as condições e garantias dos fabricantes europeus”, diz o comunicado da Ufip.

Segundo a AFP, o governo francês já vem discutindo essa possibilidade “há alguns meses” com agentes da cadeia dos combustíveis. Um estudo encomendado ao Instituto IFP Novas Energias teria concluído que o aumento de um ponto percentual na mistura “não é uma mudança abrupta” e que as normas técnicas em vigor seriam adequadas.

Numa nota técnica de março passado, o Comitê de Construtores Franceses de Automóveis (CCFA) deu seu aval para uma eventual adoção do B8 tanto para veículos novos quanto para a frota em circulação.

Proibição

Essa mudança pode não ser tão relevante quanto soa a princípio. Em dezembro, o governo da França anunciou que está estudando banir a venda de carros movidos à diesel.

A medida teria o objetivo de reduzir as emissões de poluentes nocivos à saúde humana e meio ambiente.

Também em dezembro, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, disse que queria proibir a circulação de carros à diesel na capital francesa até 2020.

Fonte: BiodieselBR.com
 

Comentários 0